CUIDADOS PARA COMPRAR IMÓVEIS EM LEILÃO

MATÉRIA SOBRE LEILÃO NA REVISTA CASA E IMÓVEIS



LEILÕES IMOBILIÁRIOS






QUAL A VANTAGEM DE COMPRAR LEILÕES DE IMÓVEIS?




O leilão de imóveis possui a incrível vantagem de um preço reduzido, que é o seu principal atrativo, mas pode haver certos problemas grandes na aquisição do seu sonhado imóvel. 

Primeiro, você não tem como saber a total condição do imóvel que estará comprando. A visita é impossível, pois ainda haverá pessoas morando nele. Como se já não bastasse, é ainda possível que a família que ainda resida no imóvel recorra judicialmente para tentar ficar com o imóvel.

Normalmente, esse recorrer da justiça não resulta em nada além de um grande atraso para sua aquisição oficial do leilão, porém há casos que existe a possibilidade da reaquisição do imóvel por meio da justiça, o que significa a anulação do leilão judicial.

Justamente por isso, é importante não se garantir por imóveis de leilão para sua mudança. Além disso, você nunca sabe quais são as condições do imóvel que estará comprando, podendo ser muito inóspitas e impossibilitando a mudança de imediato.

Considerando todos esses fatores, contam que se você deseja adquirir um imóvel em leilão para morar nele, você precisa obviamente ter um plano reserva para conseguir garantir arrumar o que for preciso no imóvel antes de se mudar, ou até mesmo se o imóvel for resgatado pela justiça ao dono original.

PARTICIPAR DE LEILÕES DE IMÓVEIS EXIGE CONHECIMENTO



Adquirir Imóvel em leilão, pesquise os valores de mercado.Quando o assunto é imóvel, o desconto pode ser ainda maior do que 30 a 50%. Apesar disso, para participar desse tipo de negócio, é necessário ter uma certa experiência ou até mesmo estar disposto a assumir alguns riscos.

Normalmente, os imóveis oferecidos em leilões são aqueles nos quais o proprietário é inadimplente e precisa devolvê-lo como garantia. Por este motivo, nem sempre o morador está de acordo com essa transação. Quem arrematar a casa ou apartamento, portanto, poderá ter que aguardar alguma decisão judicial, já que o dono do imóvel nem sempre quer colaborar. Nesses casos, a sugestão é ter muita paciência.

Por isso, se você quer trocar de local imediatamente, essa não é a melhor escolha, embora possa ser mais barata. Para definir o lance máximo que deseja dar, verifique suas finanças e economias. Depois da venda, impostos em atraso e taxas do condomínio são responsabilidades do novo comprador. Além disso, você pode ter que gastar com uma possível ação judicial de despejo. O ideal é fazer uma análise racional, de cabeça fria e não deixar a emoção tomar conta de você. Caso desista do imóvel depois do lance, pode ser punido com multa. Cada passo deve ser previamente planejado.