Mostrando postagens com marcador MERCADO IMOBILIÁRIO. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador MERCADO IMOBILIÁRIO. Mostrar todas as postagens

MERCADO IMOBILIÁRIO É MAIS RENTÁVEL

Estudo feito pelo Grupo EPO e Fundação Dom Cabral mostra que apostar no mercado imobiliário traz vantagens maiores do que investimentos como poupança, CDI ou ações


Uma pesquisa confirmou o que o mercado imobiliário belo-horizontino defende há algum tempo: investir em imóveis é mais rentável do que fazer aplicações em poupança, CDI ou mesmo carteira de ações representada pelo índice da Bovespa (Ibovespa). O levantamento, feito pelo Grupo EPO em parceria com a Fundação Dom Cabral (FDC), comparou a taxa de retorno de investimento no mercado imobiliário de BH com o desempenho das principais aplicações financeiras, considerando o período entre janeiro de 2009 a dezembro de 2013. O resultado apontou que o rendimento imobiliário é o mais atrativo, com taxa de 77% de valorização, superior ao CDI, segundo colocado, com 57,7 %. A poupança atingiu 37,8 %, um pouco acima do Ibovespa, com 37,2%.

Como a taxa de retorno do investimento em imóvel foi avaliada considerando não apenas a valorização do bem, mas também os ganhos obtidos com o aluguel, a rentabilidade pode ser ainda maior, chegando a 106,5%. Para Patrícia Becker, gerente de projetos da FDC, trata-se de uma análise histórica de algumas fontes de investimentos, no qual o retorno no mercado imobiliário mostrou-se melhor. "Já foram feitos vários tipos de análise, mas, para esse fim, foi a primeira vez", afirma a especialista.

OPORTUNIDADE - VILA SÃO JORGE - CAMPINAS/SP



APARTAMENTO – VILA SÃO JORGE – CAMPINAS/SP


1ª Praça:
Abertura: 29/Out/13 a partir das 14h30 
Fechamento: 01/Nov/13 a partir das 14h30 

2ª Praça:
Abertura: 01/Nov/13 a partir das 14h30 
Fechamento: 22/Nov/13 a partir das 14h30


OPORTUNIDADE EM CAMPINAS - VILA SÃO JORGE



APARTAMENTO – VILA SÃO JORGE – CAMPINAS/SP


1ª Praça:
Abertura: 29/Out/13 a partir das 14h30 
Fechamento: 01/Nov/13 a partir das 14h30 

2ª Praça:
Abertura: 01/Nov/13 a partir das 14h30 
Fechamento: 22/Nov/13 a partir das 14h30

MERCADO DE LEILÕES CRESCE E INVESTE ON LINE


Empresas de remates investem na plataforma web e tentam atrair compradores que buscam praticidade, segurança e preços baixos



Pestana realiza simultaneamente eventos presenciais e onlines


Os gritos de “dou-lhe uma, dou-lhe duas” se mantiveram, mas as mãos levantadas para sinalizar o lance dão espaço aos cliques. O número de participações online e presencial segue bastante equiparado, no entanto, o estímulo ao uso das ferramentas online é a principal iniciativa das empresas de remate para atrair um público maior e mais diversificado.

Em um galpão amplo, com estacionamento e lancheria, a Pestana Leilões investe em um espaço de negócios com aparatos eletrônicos se misturando aos gritos dos leiloeiros. Unindo o método tradicional de venda em leilão com as facilidades que a internet oferece, a empresa é a única no Brasil que realiza simultaneamente leilão presencial e online.

Para participar pela web o usuário deve fazer um cadastro no site da organização e disponibilizar dados como CPF e RG. O leilão pode ser acompanhado em tempo real. Tanto os participantes do leilão físico quanto virtual têm à disposição uma tela com a cotação do lote, número e fotos da mercadoria. Além disso, um dia antes os bens podem ser visitados e/ou visualizados pela internet e no local para que o comprador possa avaliar a qualidade do produto.

A Pestana é a maior organização do Sul do País especializada em leilões empresariais, modalidade que diferentemente dos leilões judiciais ou extrajudiciais oferece riscos menores ao comprador, já que os produtos comercializados não possuem dívidas ou problemas com documentação. “Quando alguém compra um produto conosco sabe que assim que efetuar o pagamento, normalmente feito à vista, receberá o documento do automóvel ou imóvel sem nenhum tipo de pendência”, explica Renan Dall’Astra, preposto dos leiloeiros Liliamar Pestana Gomes e Reinaldo Pestana Gomes.